sexta-feira, 29 de maio de 2009

O Livro Está Pronto

No dia 29 de Maio, fomos convidados a ir à Escola Secundária assistir à apresentação do livro “Grandes Mentes” no qual colaboramos com as nossas ilustrações.
Parabéns aos alunos do 12ºA, pelo trabalho que realizaram na Área de Projecto!
O Livro ficou maravilhoso.
Estamos orgulhosos da nossa participação.


quinta-feira, 28 de maio de 2009

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Não Quero mais...

Não quero mais ser mal educado.
Não quero mais não acordar a horas.
Não quero mais tomar o pequeno almoço quente.
Não quero mais vestir roupa de Inverno.
Não quero mais chegar atrasado à escola.
Não quero mais conversar com o colega do lado e ser distraído.
Não quero mais esquecer-me dos deveres e dos livros.
Não quero mais trazer os deveres por fazer.
Não quero mais que os meus pais se chateiem comigo.
Não quero mais brincar no A.T.L antes de fazer os deveres.

João Pinto

Não quero mais roupa.
Não quero mais castigos.
Não quero mais ter más notas.
Não quero mais carros a poluir.
Não quero mais lixo na Terra.
Não quero mais vidro nos rios.
Não quero mais árvores cortadas.
Não quero mais japoneses a matar baleias.
Não quero mais luz a gastar sem ser preciso.
Não quero mais skates.
Não quero mais desperdiçar água.
Não quero mais latas perdidas no chão.
Não quero mais guerras.
Não quero mais pessoas tristes.
Não quero mais enganar.
Não quero mais ser preguiçoso.
Não quero mais animais abandonados.
Não quero mais animais em vias de extinção.
Não quero mais coisas tristes.

Bernardo.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Parabéns Diogo

Para o Diogo um grande Beijo de Parabéns de todos os amigos da turma e um abraço apertado da professora!
We Love you!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Proteger as Baleias

Aceitámos o convite do blogandonaescola1 para nos juntarmos à GreenPeace na campanha para salvar as Baleias. Fizemos a nossa baleia de origami.
O grupo da Inês, Joana, Gisela e Márcia fizeram poesia:
As baleias estão
Em vias de extinção,
E para as recuperar
Temos de parar
De as apanhar.

Os navios poluíram
As águas do mar.
Agora as baleias
Não conseguem brincar.
Não conseguem brincar
E têm dificuldade
Em respirar e nadar.
Para nós as protegermos
Temos de as largar e não as matar.

Uma baleia nadava e guinchava
No oceano poluído
Que os navios patrulhavam
Para fritar as barbatanas
No Japão as apanhavam.
Para o bem do Planeta
E para o futuro das baleias
Aos japoneses
Devemos ensinar a lição:
“Não façam aos outros
O que não queres que te façam a vós”
Depois não digam
Que não vos demos informação!
A nossa baleia já vai a caminho.

Depois fomos pesquisar sobre as baleias e apresentamos este texto informativo sobre as Baleias, elaborado pelo grupo do Sérgio, Susana e João Pinto:
As baleias
As baleias são os maiores animais aquáticos. Algumas chegam a pesar tanto como 20 elefantes.
As baleias azuis são as maiores e podem atingir 30 metros de comprimento.
Elas têm uma espessa camada de gordura que as protege do frio.
As baleias-de-bossa alimentam-se de peixe, de criaturas marinhas pequenas e de plâncton.
As baleias-negras têm bicos como certos golfinhos.

Movem-se em cardumes com cerca de cinquenta exemplares.
As baleias lançam a sua cauda para cima para mergulhar.
Este comportamento é chamado de FLUKING.
Os cachalotes são as baleias que mergulham até profundidades maiores e também conseguem apanhar lulas gigantes.

Retirado dos livros "A minha primeira enciclopédia" e "enciclopédia escolar".

O grupo da Irina, da Ana e do Nikita fizeram um aviso:

O grupo do Bernado, o Rafael e o João Manuel fizeram uma Banda Desenhada:

O Grupo do Tiago, Gonçalo e Micael fizeram um Convite:

Click to play this Smilebox scrap pages: convite
Create your own scrap pages - Powered by Smilebox

Make a Smilebox scrap pages

O grupo do Diogo, Breno, Francisco e com ajuda da Inês fizeram esta história onde introduziram o diálogo:

Era uma vez duas baleias que andavam a passear e avistaram ao longe dois homens que andavam à caça de baleias.
Uma das baleias disse:
- Vamos fugir daqui senão, ainda nos matam!
- Sim claro. – concordou logo a outra baleia.
As duas baleias fugiram, sem abanar muito a água e nadando às escondidas.
Uma das baleias exclamou:
- Ainda bem que nós escapamos!
Os pescadores ainda as avistaram mas as baleias, de tão zangadas que ficaram, saltaram e abanaram o barco até ele se afundar.
Como os pescadores não sabiam nadar quase morriam afogados.
Mas as baleias salvaram-nos.
As pessoas que moravam perto da costa telefonaram à polícia.
A polícia veio buscá-los, foram para a prisão e aprenderam uma grande lição.
Todos fizemos estas baleias:



sexta-feira, 15 de maio de 2009

Dicionário das Minhas Palavras Importantes


Eugénia e Fernando - pais que me criaram.
Amigo – a pessoa em quem podemos acreditar.
Natureza – sem ela não podemos viver.
Escola – para aprender a fazer coisas.
Livro – objecto para aprender a ler.
Letras – sem elas não podemos escrever.
Aniversário – uma festa quando uma pessoa faz anos.
Coração – sem ele morremos.
Árvores – dão-nos oxigénio.
Professores – sem eles não havia escola.
Gonçalo


Tiago- é o meu irmão muito brincalhão.
Incrível- espectacular .
Vermelho- encarnado; cor dos carros de bombeiros.
Escola- sítio onde se aprende a escrever e muitas coisas mais.
Sol- estrela mais próxima da Terra.
Árvore- planta com tronco, raiz, folhas e ramos.
Livro- um conjunto de papel que pode contar uma história, ensinar e ter actividades.
Cavalo- animal de quatro patas que pode ser selvagem ou doméstico.
Pai- é o meu melhor amigo.
Amor- é o sentimento que sinto pelo meu pai, a minha mãe e o meu irmão.
Sérgio

Escrever com Cores

Azul é o céu que vejo no ar.
Rosa são as rosas que eu vejo no luar.
Verde é a Natureza que eu vejo na minha brincadeira.
Vermelho é a cor dos cravos à beira da laranja.
Pretos são os sapatos do meu pai.
Roxo é o passarinho que sai.
Amarelo é a cor do sol que brilha lá em cima.
Laranja é a cor das laranjas que parecem da minha prima.
Cinzentos são os olhos do gato que passa na rua.
Castanhos são as castanhas que brilham á lua.
Lilás e a minha camisola.
Branco é as nuvens que passem na escola.
Com todas estas cores o Mundo é maravilhoso!
Susana


Azul é o mar onde os golfinhos saltam;
Rosa é a cor das rosas;
Verde é um campo de erva;
Vermelho é a cor do meu coração;
Preta é a noite;
Roxo é a cor das uvas;
Amarelo é o sol;
Laranja é a cor do sumo;
Cinzentas são as nuvens quando chove;
Castanho são as castanhas que caem;
Lilás que aparece no arco-íris;
Branco a cor de urso polar;
Com todas estas cores podes um quadro pintar.
Bernardo


Azul é a cor do meu clube de futebol preferido.
Rosa é a cor do porta-lápis da Gisela,
Verde é a cor da relva da casa dela,
Vermelho é a cor do sangue da vítima ou do ferido,
Preto é a cor da ilusão, do inferno ou da traição.
Roxo é a cor da minha camisola de Verão,
Amarelo é a cor das asas do pássaro da minha avó.
Laranja é a cor do meu porta-lápis ló-ló,
Cinzento é a cor do rádio da minha animadora.
Castanho é a cor dos cabelos da minha doutora,
Lilás é a cor das cuecas da Irina.
Branco é a cor da pele do meu antigo cão
Com todas estas cores começo a brincar e a saber utilizar o pincel para pintar.
Inês

Azul é cor das ondas do mar e do céu tão bonito a brilhar.
Rosa é cor das rosas tão lindas que estão a saltitar.
Verde é cor das ervas que os animais comem e que são cheirosas.
Vermelho é cor de amor e amizade do homem
Preto é cor da morte.
Roxo é cor das flores tão lindas que aí há .
Amarelo é cor do sol tão forte.
Laranja é cor de um fruto tão saboroso.
Cinzento é cor dos lápis de carvão que é jeitoso.
Castanho é uma das cores que está no mundo .
Lilás é uma das cores do arco-íris que está lá ao fundo.
Branco não é cor do limão mas im do melão.
Com todas estas cores eu sou um brincalhão.
Tiago

segunda-feira, 11 de maio de 2009

domingo, 10 de maio de 2009

Feira do Livro e Visita da Escritora


video

http://www.myspace.com/jardimdoarcoiris

Esta semana tivemos a decorrer na nossa escola, nos dias 7 e 8, A Feira do Livro, contando mais uma vez com a participação da Papelaria Griffus.

Mas o mais importante foi conhecermos a autora do Livro "Jardim do Arco-íris", que já tínhamos lido e cantado na sala de aula.

Chama-se Manuela Ribeiro e é médica. Adoramos a apresentação da história e também pesquisamos na Internet outras coisas sobre a sua obra.

Todos os meninos e professoras adoraram a actividade e aproveitaram para comprar alguns livros que depois foram autografados.

Obrigada por tudo e por ainda nos ter oferecido 12 livros para a biblioteca da escola.

Bem haja e muitos Parabéns!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

PeddyMat







“Sigam as instruções,
Todos juntos a colaborar
Se as pistas resolverem,
No fim, um prémio poderão ganhar...”


Bincando Com o Alfabeto

A
Se me pusessem umas argolas
Nas minhas duas perninhas,
Eu seria uma tesoura
Para recortar as letrinhas.
Joana


A de ar,
Serve para respirar
A de água, boa para hidratar
A de alimentação,
Ajuda-me a ter animação
A de amigão,
Aquele que está no meu coração
A de amor,
A vida tem muita cor.
Breno

B
Eu sou o B de bolo
Que digo bom-dia!
Tenho duas barrigas
Sou gordo e comilão e
Também posso ser
um botão ou um biberão.
Francisco

C
Eu sou o C
De cão, charlatão
E não pareço importante
Mas assim
Como é que vocês podiam tomar café com adoçante?
Sérgio


F
Sou o F de futebol.
Se me acrescentarem uma perna
Ficaria o E de escuro
E até precisava de uma Lanterna.
Diogo

J
Vou apresentar o Jota
O Senhor Janota
É um grande homem,
Até parece o super-homem
Só queria
Ter uma mulher
Chamada Joanoca.
Gisela

K
Lá vai o k
A lamber o gelado
de kiwi.
Logo a seguir
Vai comprar um kit kat,
mas eu vi e comi !
Bernardo


M - N
O meu amigo N e eu somos iguais,
mas o meu amigo N
tem menos uma perna do que eu.
- Podemos ajuda-lo?
- Sim!
- Vamos dar-lhe uma perna!
Beatriz

O
Não gosto de nada,
Não gosto de nada,
Nem de uvas
Nem de vinho
Só queria uns doces
Para ficar mais gordinho.
Para ficar mais gordinho!


P
P de pão
P de pai
Mas ainda mais
P de paizão!


T
Eu sou a letra T
que tudo dá para escrever
pode ser touro,
tartaruga ou tamborete,
Só quero uma trotinete para atrás deles correr.
Irina


Z
Eu sou o z
Todo riscado
Só queria estar
Deitado para Ser um N
não o queria ser muito tempo se não,
Não existiria a palavra Zoo.
João Manuel

terça-feira, 5 de maio de 2009

Tivemos Visitas

Temos visitas de uma rola!
Ficou cá por uns tempos na árvore debaixo da janela da nossa sala, fez ninhos e pôs ovos.
Os filhinhos já nasceram.
Tivemos que dizer aos outros alunos, de outras salas, para não destruírem o seu habitat e para os seus filhos crescerem!
Temos de ser muito cuidadosos e pacientes.
Inês Mercês

Poema Numérico de Flores


1 rosa em botão
2 cravos na minha mão
3 túlipas perfumadas
4 rosas deitadas
5 dálias molhadas
6 camélias engelhadas
7 orquídeas bonitas
8 maias engraçaditas
9 zínias em flor
10 girassóis de amor.
Joana

1 rosa em botão
2 cravos na minha mão
3 túlipas perfumadas
4 margaridas encontradas
5 dálias encantadas
6 cravinas desfolhadas
7 petúnias bonitas
8 camélias catitas
9 amores-perfeitos em flor
10 bem-me-queres de amor.
Irina

Maio Puxa Palavra


Maio é lindo;
Lindo e divertido;
Divertido é o tempo;
Tempo de sol;
Sol quente;
Quente é o tempo;
Tempo de ir para a praia;
Praia luminosa;
Luminoso é o sol;
Sol divertido;
Divertido é Maio;
Maio é o mês das flores!
Sérgio

Maio tempo de flores
Flores de várias cores
Cores do arco-íris
Arco-íris aparece quando chove
Chove no Inverno
Inverno já acabou,
Acabou o vento e já é Primavera!

Bernardo

Acrósticos de Maio

Mal começa a Primavera
A alegria está no ar
I’nda a escola começou
Ou já há-de acabar?
Inês

Milhares de flores
A mãe é especial
Vi as abelhas a voar
O pólen elas trazem
Tiago

Maravilhosas as flores
Dia da mãe s comemorar
Linda a paisagem
Para o jardim enfeitar.
Gisela

Maio é um mês do ano
As flores da Primavera.
Bonitas as florem que há
Olha de tantas cores.
Ana

Muito quente
Às vezes frio
Inverno não é
O Verão vai chegar.
Diogo

Maio é um mês fantástico
As margaridas e flores a nascer
Indo a Primavera embora
O Verão vai aparecer.
Márcia

segunda-feira, 4 de maio de 2009

De Novo o Teatro








E desta vez aprendemos que:
Na Natureza, nada se perde
nada se cria,
tudo se transforma!

domingo, 3 de maio de 2009

Dia da Mãe

Mãe,

que verdade linda

o nascer encerra.

Eu nasci de ti,

como a flor da terra.

Matilde Rosa Araújo - O livro da Tila

Alinhar ao centro

sábado, 2 de maio de 2009

Para Oferecer à Mãe




Que acham das nossas prendas?
Será que as mães gostaram?