quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

CONTOS TRADICIONAIS - João Preguiçoso

Era uma vez o João Preguiçoso que era parvo e muito, muito preguiçoso, por isso é que lhe chamavam João Preguiçoso.
A mãe abandonou-o farta de o repreender e o João Preguiçoso pensou em trabalhar.
No primeiro dia foi trabalhar para um lavrador e este, para lhe pagar deu-lhe uma bilha de leite. João pôs o leite no bolso e a bilha na mão. A mãe disse-lhe que ele não sabia fazer nada e devia ter posto a bilha do leite na cabeça.
No segundo dia foi trabalhar para uma queijaria e para lhe pagar, o dono deu-lhe um queijo fresco. O João pô-lo na cabeça e quando chegou a casa o queijo estava derretido A mãe chamou-lhe “cabeça de alho chocho” e disse que devia ter trazido o queijo nas mãos.
No terceiro dia foi trabalhar para um negociante de gado e para lhe pagar deu-lhe um burro. O João levou-o às costas.
Encontrou pelo caminho uma rapariga surda-muda e se ela se risse começava a ouvir. Ela riu-se tanto do João Preguiçoso que ficou a ouvir.
Como era filha de um lavrador muito rico, logo ele tratou de o casar com a filha.
Foram muito felizes e o João Preguiçoso ganhou algum juízo.
Diogo

5 comentários:

Joana disse...

Que conto giro pois é muito giro!!!

Anónimo disse...

Esse conto e o mais ideota q ouvi na vida quem escreveu e sem nosao

Carol Cristina disse...

esse conto naum tem nada aver

Anónimo disse...

É sem noção mesmo e o fato de a mãe o abandonar e colocar apelido não é algo para se apresentar para as crianças. Detestei também.

Anónimo disse...

Não é esse o conto de joão preguiçoso que eu estou procurando.Esse é o conto mais idiota que eu já ouvi em toda minha vida.